Aumento da Conscientização Pública Popular

Objetivos

* Criar um canal contínuo de comunicação com a comunidade;
* Possibilitar maior engajamento por participação legitimamente popular – (Associações de bairros organizadas espacialmente e administrativamente);
* Criação de um programa de Estado onde o fiscal é o Munícipe;
* Elaborar diagnósticos;
* Ampliar a participação da sociedade civil organizada;
* Organizar dados e (DIAGNOSTICAR) problemas e carências existentes em áreas e desenvolver meios de saná-los;
* Rigor com os empreendedores privados na elaboração de estudos e diagnósticos sobre questões do Município;
* Facilitar o envolvimento eficiente e igualitário das partes interessadas do ambiente urbano, especificamente comunidades, organizações da sociedade civil e o setor privado na preparação e na implementação do planejamento urbano e territorial, estabelecendo mecanismos adequados de participação;
* Contribuir para garantir a continuidade de objetivos de longo prazo dos planos urbanos e territoriais, mesmo quando houver mudanças políticas ou impedimentos no curto prazo;
* Os componentes institucionais e financeiros do planejamento urbano e territorial sejam estritamente interrelacionados e os mecanismos adequados de implementação, como orçamento participativo, parcerias público-privadas e esquemas de financiamento em vários níveis, sejam estabelecidos para esse fim;

Indicadores

* Número de reuniões com a comunidade;
* Periodicidade da atualização do Sistema de Informações Geográficas – SIG;
* Número de espaços construídos ou instituídos para encontro das comunidades de cada região;

Ações/Metas

* Estabelecimento de atividades que aproximem a comunidade do executivo municipal;
* Desenvolver/ estabelecer/ implantar espaços comunitários ligados à educação;
* Criar canal de comunicação continuado com a comunidade;
* Criar uma base de conhecimentos para informar sobre o processo do planejamento urbano e territorial e permitir o monitoramento rigoroso e a avaliação de propostas, planos e resultados;
* Documentar modelos de planejamento que possam ser usados para fins educativos, conscientização e ampla mobilização do público em geral;
* Montar agenda periódica de discussões sobre questões urbanas com a comunidade civil organizada ou não;

Sugestões/Opinião/Dúvidas Clique Aqui