Prefeitura economiza quase R$ 8 milhões em licitações em 2017

O balanço final de 2017 traz números expressivos com relação a licitações. O uso do pregão eletrônico para compra de materiais e contratação de serviços garantiu à Prefeitura de Guaíba a economia de R$ 7.905.310,48 em 2017, o que significa redução de 34,54% sobre o valor estimado para as despesas previstas. Ao todo, foram 186 processos.

“Tal economia é fruto da vontade do corpo político, que nos dá liberdade de aplicar as melhores técnicas de contratação, bem como do grande esforço de negociação com fornecedores por parte da equipe, que, diariamente, busca aperfeiçoar e otimizar os processos de compras”, destacou a diretora de Compras, Licitações e Contratos, Andrea Ribeiro.

Os números exatos apontam que o total de custos previsto com as licitações seria de R$ 22.884.188,52. Contudo, o somatório dos mesmos bens e serviços homologados chegou a R$ R$ 14.978.878,04.

“Seguimos fazendo gestão. Em tempos de limitações financeiras, é fundamental fazer uso inteligente do dinheiro público e isso estamos conseguindo com dedicação e criatividade. São gastos a menos que nos permitiram, por exemplo, manter a folha de pagamento em dia e pagar o 13º para os servidores”, comentou o prefeito José Sperotto.

O pregão, na forma eletrônica, instituído pela Lei 10.520/2002, é utilizado quando a disputa pelo fornecimento desses bens ou serviços comuns for feito à distância em sessão pública, por meio de sistema que promova a comunicação pela Internet. Além da economia, a modalidade garante a transparência.