Prefeitura dialoga com comunidade sobre escola da vila Primavera

A Prefeitura de Guaíba reuniu-se com a comunidade da vila Primavera na segunda-feira (4). Em pauta, a proximidade do fim da cedência ao Estado do espaço que abrigava a associação dos moradores. Em fevereiro, o local foi adaptado para não prejudicar o ano letivo dos alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora do Livramento, a qual foi parcialmente destruída por um incêndio há um ano.

De acordo com o governo do Estado, as obras de recuperação da escola devem começar no mês de janeiro. Por esse motivo, em razão do prazo, tornou-se necessária a reunião com a comunidade, que decidiu a favor de um novo contrato de cedência.

O secretário de Comunicação e Ação Comunitária, Pedro Tavares, ressaltou o compromisso da Prefeitura de estar próxima às pessoas:

“Viemos aqui para ouvir a população para que nenhuma decisão seja tomada de cima para baixo. O espaço da associação pertence à comunidade e a utilização deve ser de acordo com a prioridade dos moradores”, destacou.

A coordenadora Vera Lúcia Almeida, da 12ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), tirou dúvidas da comunidade, desmentiu boatos de que o Estado poderia se apropriar da área e reafirmou o interesse em não prejudicar o calendário de aulas para 2018.

Fotos: Gustavo Gossen