Prefeito garante R$ 1 milhão para a saúde e tem audiência com o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em Brasília

O prefeito Sperotto teve o privilégio de ser recebido nesta semana pelo futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Os dois falaram sobre as dificuldades financeiras do País, mas já planejam o futuro. Ao ministro, ele pediu apoio para investimentos nas áreas de infraestrutura (pavimentação da Estrada do Conde) e saneamento básico. Onyx, que tem propriedade em Guaíba, vai fazer o máximo de esforço para trazer recursos à cidade.

Sperotto foi recebido também pelo futuro ministro da Saúde, Luiz Mandetta. O Prefeito insistiu na importância de abrir a maternidade e o hospital em Guaíba. O doutor Mandetta recebeu o pedido com entusiasmo, já que o hospital está com a estrutura bem encaminhada. Os dois definiram que voltarão a se reunir logo que o novo governo tome posse.

O prefeito também se reuniu com o deputado federal Ronaldo Nogueira (PTB-RS). No encontro, o deputado garantiu R$ 1 milhão para custear a saúde da cidade no próximo ano. No encontro, foi apresentado o Projeto CDP (Centro de Desenvolvimento de Potenciais), voltado para as crianças com deficiências.

Sperotto foi recebido ainda pelo presidente eleito Jair Bolsonaro e a futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

A convite, o Prefeito visitou a Embaixada do Chile em Brasília. Ele se encontrou com o embaixador, Fernando Smith. Foi apresentado um vídeo sobre a cidade, mostrando o que há de bom no Município e o que precisa ser melhorado. O embaixador disse que a intenção do Chile é fazer mais investimentos no Brasil, e que Guaíba, por já ser importante parceira (a CMPC fez o maior investimento privado da história no RS), tem grandes chances de receber mais empresas. Smith propôs um intercâmbio na rede municipal de educação. Os professores daqui seriam cedidos para dar aula de português no Chile e educadores chilenos dariam aulas de espanhol nas escolas municipais de Guaíba. O prefeito aceitou a ideia, e logo devem definir os trâmites burocráticos.