Operação da Fiscalização Municipal resgata aves silvestres do comércio ilegal

Após denúncias de moradores, a equipe da Fiscalização Municipal de Meio Ambiente realizou uma força tarefa para frear a criação e comercialização ilegal de aves silvestres, durante esta semana, em pontos específicos da cidade. Durante as buscas, aproximadamente 25 aves foram apreendidas. Além das irregularidades, foram constatadas infrações relacionadas a maus-tratos, como aves em ambientes pequenos ou gaiolas com acúmulo de sujeira.

Uma equipe de profissionais ficou responsável por fazer a avaliação dos animais e constatou-se que três deles já não poderiam viver no seu habitat natural, devido ao nível de domesticação. Ao fim do dia dessa quarta-feira, 24, os fiscais promoveram a soltura das aves apreendidas. As outras três ficam sob custódia da Prefeitura. “São famílias em áreas residenciais que criam essas aves silvestres, o que é irregular. Além disso, boa parte desses criadores sabem que se trata de uma atividade proibida”, disse o fiscal Everton Centurião.

Manter animal silvestre da fauna brasileira em cativeiro é considerado crime, segundo a Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, e o Decreto Federal nº 6.514, de 22 de julho de 2008. É passível de detenção, e a pessoa responde a processos criminal e administrativo. Os proprietários autuados foram intimados a comparecer na delegacia.

Ajude a denunciar pelo telefone 3480-7060 ou pelo e-mail meioambiente@guaiba.rs.gov.br

 

Fotos: Juliana Villeroy/SMCAC – Everton Centurião/SMAMA