Mais de 60 moradores já foram notificados por descarte irregular nas ruas de Guaíba

Com a implantação dos ecopontos, as ruas e avenidas de Guaíba começam a ficar mais limpas. No entanto, ainda é possível encontrar descarte irregular. Por esse motivo, a Prefeitura segue realizando notificações. Até então, desde janeiro, foram mais de 60 avisos.

“Por enquanto, ainda são notificações preliminares. Felizmente, a população está entendendo, retirando o lixo das ruas, evitando, assim, que essas notificações se transformem em multa. Com certeza, em breve, teremos uma Guaiba muito mais limpa”, comentou o fiscal Éverton Centurião.

Os ecopontos em atividade no momento estão na Colina (avenida Castelo Branco, 2760), na Zona Sul (avenida Adão Foques, esquina com a rua 4) e na Santa Rita (na Estrada do Conde, esquina com a rua Vitória; e também na Rua 30, junto à Coordenadoria de Obras).

Como funcionam os ecopontos?

Tudo aquilo que não será mais aproveitado, como óleo de cozinha usado, fragmentos de tijolos e de azulejos, cimento, pedaços de madeira, podas de árvores, eletrônicos e móveis velhos (sofás, camas, armários) podem ser levados para os ecopontos. Assim, os moradores colaboram com o trabalho da prefeitura, ajudando a conservar as vias públicas e mantendo-as sempre limpas e bem cuidadas.

O limite de descarte é de 2 metros cúbicos por pessoa, o que equivale ao volume de metade de uma caçamba. Nos locais, não podem ser descartados lixo domiciliar, lixo industrial e animais mortos.

Para mais informações, a população pode entrar em contato pelo telefone (51) 3480.7075, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, ou pelo e-mail meioambiente@guaiba.rs.gov.br.

Foto: Gustavo Gossen