Escolas de samba da Capital colocam-se à disposição do Carnaval de Guaíba

Com o cancelamento dos desfiles do Carnaval de Porto Alegre, escolas de samba da Capital mostrarão parte dos seus trabalhos na passarela Liberato Garcia, no próximo dia 10 de março, em Guaíba. Entre as atrações confirmadas, estão Imperadores do Samba e União da Vila do IAPI. Além de serem duas das escolas mais tradicionais, são, respectivamente, a atual campeã e vice-campeã na cidade.

“Iremos fazer uma grande apresentação como forma de agradecimento pelo espaço. Nós somos da raiz do Carnaval, entendemos o sentimento das pessoas. Guaíba já está fazendo história”, elogiou o presidente da Imperadores, Rodrigo Costa.

O prefeito José Sperotto demonstrou satisfação frente ao esforço em garantir o Carnaval com parcerias privadas:

“Por estarmos vivendo época de crise, fomos atrás de recursos privados para não deixarmos de fazer o Carnaval em Guaíba. Isso é resultado de gestão e de muito esforço por entendermos e respeitarmos a cultura popular. É um evento que movimenta a economia da cidade, tanto em relação ao turismo quanto na geração de empregos”, comentou.

Com relação a eventuais críticas em função da realização dos desfiles, Sperotto explicou:

“Muita gente diz que Carnaval é dinheiro jogado fora, quando deveria se investir em saúde, educação, segurança etc. As pessoas precisam saber que 1% do orçamento é obrigatoriamente destinado à cultura e esse dinheiro não pode ser destinado a outras áreas. Verbas para saúde, educação e todas as outras são carimbadas especificamente para elas”, completou.

A secretária de Turismo, Desporto e Cultura, Cláudia Mara, acrescentou:

“Vejo a cultura popular de forma igualitária. Todas merecem ser respeitadas. Em tempos de crise, podemos até enxugar os custos, mas de todas, não simplesmente escolher uma e sacrificá-la. Nós, como gestores públicos, não podemos descumprir o artigo 215 da Constituição Federal, que prevê o incentivo e valorização das manifestações culturais, bem como o acesso da população”, disse.

As escolas de samba de Guaíba que disputam o título são Academia de Samba Cohab-Santa Rita (atual campeã), Estado Maior da Colina e Império Serrano. Haverá também a participação dos blocos Império Mirim, Última Hora, Terceira Idade, Paz e Luz, Arrastão Gente da Gente, Bartira, Boêmios, Eu Te Quero Bem e Carimba que é Top.

Foto: Gustavo Gossen